7 meses

​7 meses. Foi há 7 meses. Meu coração outrora já havia sido partido. Mas jamais como naquele dia. Há 7 meses. Naqueles intermináveis minutos de uma madrugada qualquer, meu tormento e agonia estavam só começando. Madrugadas antes que serviam de consolo para pesadelos, tornou-se o palco do pior que eu já tivera. Naqueles míseros minutos minha alma fora praticamente arrancada do meu ser, meu coração despedaçado, arrancado do meu peito, jogado ao ventos as centenas de pedaços. Foram longos sete meses de angústia, tristeza, alguns dias alegres… Acontece que sempre que o frio retorna, época favorita de nós dois, o sofrimento faz caminho de volta ao meu coração. Felizmente ele já não é como antes; agora é um pouquinho mais leve, sereno. Sete meses. Só sete meses. De um relacionamento de 1 ano e quase 6 meses, se ele não tivesse destruído uma semana antes de completarmos mais um mês. Eu me doei de corpo e alma, me entreguei ao nosso amor. Para sete meses depois ele já estar no seu segundo relacionamento. Sete meses. Eu ainda penso nele todos os dias, sabe? Não na pessoa que ele é agora. Não, essa pessoa eu não conheço. Não teve um mínimo de consideração comigo… Conseguiu partir meu coração mesmo com ele despedaçado. Não. Eu penso na pessoa maravilhosa que ele era há dois anos… Na pessoa que foi meu 1° amor. É nele que eu penso. Mesmo sabendo que ele já morrera. Acho que é isso, estou de luto. Há sete meses venho estando de luto. Acontece que eu não aguento mais. Quero esquecê-lo, por mais que os dias em que eu passara com ele tenha sido os melhores de todos os meus 16 anos, se me dessem uma pílula do esquecimento, sem nem pensar. Eu tomaria.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s