Solidão

Sinto me sozinha. Rodeada de “amigos”, mas no fundo, sozinha. Todo o tempo sinto como se minha ausência no ambiente não fosse fazer a menor falta, porque não sou importante, eu acho. Aquilo de: “os que riem de tudo, no fundo são os mais tristes”, é a mais pura verdade. Pelo menos, comigo é assim. Mascarado por risos, sorrisos e brincadeiras, minha tristeza. Assim não preciso dar satisfação aos que fingem se importar, porque sei que a maioria é falsa. Se conto três como verdadeiros, já é muito. Em parte, isso é minha culpa. Afinal, quem manda achar que vão fazer por você o mesmo que você faria por eles? Um dos meus maiores defeitos: esperar demais das pessoas. Ser sentimental demais. Sensível ao extremo. Tudo se torna pior quando quem era seu porto seguro te abandona. Porque aquela sua única luz, se apaga. Desaparece. Te deixa sozinho numa “escuridão” sem fim. E dói. Ah, como dói. Dói ser abandonado por quem mais se ama.
No dia seguinte, nada aconteceu, certo? Ninguém precisa saber… É só tacar um sorriso forçado que não vão perceber, porque não tem quem se importar… Lembranças que deveriam ser boas, se tornam constantes tormentos que nunca se vão, e quando você acha que finalmente foram, descobre que na verdade se tornaram oportunos de momentos que você supostamente estaria começando a ficar bem.

Publicado do WordPress para Android

Anúncios

10 comentários sobre “Solidão

  1. Tatiane Silveira disse:

    Tá contando a minha história, bom o que eu faço: escrevo, e sabe o que descobrir? Sou importante sim! Você tem três amigo? Eu não tenho nenhum, foi por esse motivo que comecei esse blog, para desabafar minha solidão, o que descobrir? têm muita gente que gosta do que eu tenho a dizer e fiz muitos amigos aqui, saiba que eu sou sua amiga e pode contar comigo. Você é importante sim, se ame em primeiro lugar e verá que a vida não é essa escuridão que você vê. Bjim ❤

    Curtido por 1 pessoa

  2. Pro seu dia ficar melhor disse:

    Amanda, estamos vivenciando uma época de mudanças. As pessoas parecem não se importar com outras pessoas, e eu tenho medo que jovens como você, comecem a desistir de esperar pelo melhor e deixem de acreditar que possam fazer diferente dos demais. Eu apenas peço que você não desista. Talvez o que seja necessário é trocar ideias com pessoas que pensam o mesmo que você. Se as suas palavras forem ditas à pessoas que pouco se importam com elas, é bem provável que você desanime. Procure aqueles que acreditam no que você acredita. É neles que você recuperará as energias. Boa noite e um forte abraço.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s