Publicidade Infantil

Desde que a publicidade começou no século passado, as crianças são bombardeadas com propagandas abusivas diariamente. Porque aos olhos dos empresários, elas se tornam grandes consumidoras por serem fáceis de se estimular ao vício de um ou mais determinado produto.

Tornando -as, viciadas naquilo que eles vendem, fazendo com que elas queiram consumir cada vez mais aquilo. Temos como exemplo disso, os famosos fast-foods infantis, que utilizam  de diversas maneiras coisas que para uma criança, é  bem atraente. Como as imagens de super heróis nos comerciais, ou mesmo, disponibilizando estes em forma de brinquedo como brinde na compra do lanche.

Uma vez que, essas propagandas são  dirigidas as crianças que são muito mais vulneráveis em comparação aos adultos em relação ao fato de serem persuadidas mais facilmente, fazendo com que elas se tornem consumidoras de grande escala e potencial antes do tempo ideal. Porém, essas crianças não possuem capacidade de distinguir se é mesmo necessário ou não possuir o que está sendo anunciado. Tornando isso algo antiético, ilegal e injusto com as crianças e os pais.

A criação de propagandas menos apelativas e abusivas seria o ideal. Além disso, seria mais interessante, se ao invés das crianças como público alvo, eles focassem nos responsáveis delas. Que afinal, são os verdadeiros consumidores.

Anúncios

Amor..

Há quem diga que o primeiro amor,
Nunca se esquece, que esse amor,
Apesar do tempo, permanece.
Há aquele que sofre e tolera.
Há aquele que sofre e desapega.
Há aquele que ama e é amado.
Há aquele que ama e é dilacerado.
Dizem que o amor num certo tom,
Chega até a ser bom.
Mas e quando se ama e não é correspondido?
Sinceramente, quisera era nunca ter amado.

Amores, sorry por estar tão sumida :c
Mas não tenho mais ideias para o blog  e preguiça de pensar em alguma coisa e tem o colégio também 😦
Porém, tentarei ser mais presente aqui, beijos!!

Publicado do WordPress para Android

Autor e seus livros.

Hoje será a vez do autor que acompanhei desde que comecei a ler e se tornou meu favorito ❤ Dia do meu querido Nicholas Sparks!

Autor de hoje: Nicholas Sparks.

Nicholas Charles Sparks é filho de Patrick Michael Sparks, um professor de negócios, e de Jill Emma Marie Sparks, uma dona de casa e assistente de optometrista. Ele tem dois irmãos, Michael Earl “Micah” Sparks (1964–), o mais velho, e Danielle “Dana” Sparks (1966–2000), a mais nova, que faleceu aos 33 anos por conta de um tumor no cérebro. Ela foi a sua inspiração para o livro A Walk to Remember.

Livro que indico: O Melhor de Mim.

Minha xará ❤ Meu livro favorito dele ❤

Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável.
Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois. Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre.

Livro que me deu sono: O Milagre.

Minha única decepção dele 😦

Sinopse: Jeremy Marsh precisa fazer uma escolha difícil: voltar para a vida que conhece ou fazer algo que nunca fez antes – deixar-se levar pela paixão? Falando dos riscos que devemos correr e dos caminhos ditados pelo coração, O milagre fará com que você também acredite no amor.

 Minha opinião: Apesar da maioria das pessoas não gostarem dele pelo fato de acharem os livros dele repetitivos, não canso das belas histórias de amor que ele escreve. Tirando “O Milagre” que, inclusive tem uma continuação que é muito melhor,  não tenho o que reclamar dele. Recomendo os livros dele à quem adora um bom romance, como eu. Alguns são clichês, porém, não deixam de ser maravilhosos ❤